16 de maio de 2013

Clarícia

Pior que a italiana do sotaque, só a brasileira que folheia alguns cinco livros da Clarice, lè um pouco, e vem ao balcão perguntar se está em português de Portugal ou do Brasil, é, nós aqui traduzimos do brasileiro: riscamos o gerúndio , abolimos o tratamento por vocè e  pomos "pá" no meio das frases, resulta muito bem.

2 comentários:

diasdetelha disse...

Num mundo em que as séries portuguesas são passadas lá com legendas e alguns livros traduzidos para português do Brasil, a pergunta não é assim tão idiota.

Ricardo disse...

Eu sei disso. A pergunta só se torna parva porque ela esteve a ler um pouco dos livros.