11 de setembro de 2014

Novo selecionador

Mas porquê a insistência em gajos como o Fernando Santos e o Jesualdo? Ok, foram campeões... Pelo Porto, clube onde o Vítor Pereira foi bi-campeão. Não me lixem. Qualquer equipa de ambos é um grande bocejo no que toca ao futebol jogado. Alguém viu a Grécia a jogar no Mundial? Pois. E o Benfica de Fernando Santos? Era sofrível. O de Jesualdo... Sem comentários. Jesualdo e Fernando Santos no Sporting? Não vou comentar para não acharem que estou a gozar com os sportinguistas. 
Se fosse eu a mandar, primeiro que tudo, proibia o 4-3-3 na selecção. Ou o 4-5-1. Depois de termos um 4-4-2 à Jesus de 2014 ou à Jesus de 2010 como obrigatoriedade, era escolher um gajo que tivesse estaleca, não um gajo que fizesse adormecer plateias às primeiras sílabas. Porque não um estrangeiro? Deve haver aí uns desempregados jeitosos. Não há um gajo tipo Jurgen Klopp por aí disponível? 

3 comentários:

E.M. Valmonte disse...

não esperavas pelo peseiro?

Ricardo disse...

Peseiro também não...

Johnny Guitar disse...

Esse, ao menos, põe as equipas a jogar à bola.