21 de agosto de 2014

Record a day - 14 - Primeiro álbum que compraste


Na realidade não foram dois... Foram três, as minhas primeiras compras de discos. Já tinha recebido álbums em cassete, coisas que tinha pedido. Mas, ir a uma loja e comprar? Foram estes dois... E o terceiro. Aqui temos o Countdown to Extinction (o Simphony of Destruction é imortal, embora eu goste mais, por exemplo do Foreclosure of a Dream) e o America's Least Wanted (coisa que já ninguém se lembra, mas o Everything About You tocava em TODOS os intervalos quando havia rádio da escola). O outro vendi ou troquei por qualquer coisa, entretanto. Nunca pensei que vinte e dois anos depois ainda os teria. O outro, o terceiro, bom... O terceiro... Era o Keep The Faith dos Bon Jovi. Pronto, está cá fora, está dito, podem ostracizar-me, sim, eu também quis manter a fé e deitá-la numa cama de rosas e depois passear pelo condado seco. Sinto-me mais leve agora.

5 comentários:

Silent Man disse...

O meu primeiro álbum comprado com o meu dinheiro era para ter sido o America's Least Wanted... Mas não. Foi o Queen Greatest Hits vol. II

Ainda hoje gosto de Queen mas arrependo-me amargamente de não ter comprado o outro!

E o Simphony of Destruction é uma música absolutamente brilhante. Acho que o Dave Mustaine nunca mais vai escrever nada que eu goste tanto (essa e o Holy Wars no Rust in Peace são as minhas favoritas deles!)

Ricardo disse...

Escolheste bem, descansa :)

bloganormalidade disse...

Comprados por mim, acho que os primeiros são estes, todos de 91:

Apocalypse 91, the enemy strikes black - Public Enemy (a minha costela do hip hop sempre me levou a comprar o que os meus amigos não me iam arranjar de certeza)

De la Soul is dead - De la Soul - pelos mesmos motivos

A minha dúvida é que tenho outros CD's de 91, mas é provável que alguns deles tenha comprado depois (e pirateado também à moda antiga):

Ten - Pearl Jam
Black Album - Metallica
Queen - Innuendo (que já me foi surripiado)
Badmotorfinger - Soundgarden
Use Your Illusion I&II - Guns n'Roses
Blue Lines - Massive Attack

Secção Hip Hop
OG, Original Gangster - Ice-T
Death Certificate - Ice Cube
Prince of Darkness - Big Daddy Kane
Cypress Hill - Cypress Hill

Bem, estou a ver que tenho muita discografia old school ;)


SMak


Quanto a Ugly Kid Joe...


And the cat's in the cradle and the silver spooooon
Little boy blue and the man on the mooooooon.

Ricardo disse...

Curiosamente nunca fui grande apreciador dessa música, sendo que hoje em dia não a consigo ouvir.

Nessa altura não ligava a hip-hop, só quando Cypress Hill e House of Pain explodiram é que a coisa se deu.

Existem dois CDs épicos de mistura hip hop / rock:

BSO do filme Judgment Night, onde tens cenas como Cypress Hill com Pearl Jam, Slayer com Ice-T, Helmet com House of Pain, etc. (mais 90's do tempo do grunge)

Loud Rocks, onde tens coisas como Dead Prez com Static-X, System of a Down com Wu-Tang, etc. (anos 2000, mais nu-metal)

Recomendo vivamente.

bloganormalidade disse...

Ah, mas o Judgement Night eu também tinha, mas em cassete ;)

O Loud Rocks não tenho. As coisas de cross com nu metal mais recentes que tenho são cenas da Family Values Tour, onde se misturavam Redman, Ice Cube, Korn e por aí em diante. Os temas eram os de cada um, mas fica "giro" um cd com esse tipo de mistura.

Quanto ao género em si, é mesmo uma questão de gosto pessoal e compreendo perfeitamente que haja quem não vá por aí.
Cresci com muita influência de hip hop à volta (escola, jogar basket, etc) e a sonoridade sempre foi natural. No entanto, rapidamente me fui afastando de algum "gangsta rap" e hoje sou bastante mais selectivo sobre o que oiço nessa área.

E, quando em 1992 chegaram os Rage Against The Machine, aí o cruzamento entre os lyrics ritmados que sempre gostei e uma instrumental mais agressivo mudaram a minha percepção para sempre.

Mas também sou WU Tang disciple :), portanto é de tudo um pouco nesta salada.

SMak