6 de junho de 2014

Já não há castigos que cheguem para a criatura, mais um mail da directora de turma

Sugestões para castigos precisam-se. Coisas criativas e úteis.

15 comentários:

Mariana disse...

Voluntariado num lar de idosos?

Ricardo disse...

Com onze anos será que a deixam?

Soul disse...

Tens de conversar com ela e perceber o que a leva a portar-se tão mal. Fase de rebeldia, é o que me parece, mas ocorreu alguma mudança nos últimos meses que esteja a provocar esta reacção da parte dela?

Por outro lado, também pode ser uma chamada de atenção ou para o pai ou para a mãe. Pode ser ainda que se esteja a querer afirmar perante os colegas de turma, a querer marcar o seu lugar. A turma tem alguns miúdos perturbadores ou, regra geral, é uma turma tranquila?

Castigos a mais não me parecem que vão ter o efeito que procuras. Ela já mostrou, pelos vistos, que não se incomoda com isso; afinal, não ter ido ao Rock in Rio não foi suficientemente grave para ela mudar o seu comportamento.

O meu conselho? Se conversar com ela não for suficiente, tenta recorrer a algum psicólogo habituado a trabalhar com crianças e informa-te sobre o que deves (e a mãe também) fazer e qual a melhor forma de lidar com a pestinha ;)

Bom trabalho :D

Ricardo disse...

Nada nos últimos meses.
Vou falar com ela e tentar perceber. Pergunto-me se ela saberá responder, sequer.

Vamos ver.

Soul disse...

As crianças e adolescentes têm a sua maneira muito própria de se fazerem entender. Com 11 anos ela já está na fase de começar a pensar sobre as suas atitudes e comportamentos - não no mesmo nível que os adultos, claro. Cada pai e mãe é que têm de descodificar o código da sua criança/adolescente :) É um processo, mas já sabias que não ia ser fácil ;) Fica bem!

Ricardo disse...

Também não me posso queixar do caminho até agora, tem se portado mal mas não é o fim do mundo.

E.M. Valmonte disse...

ela que passe o fim de semana a ver única e exclusivamente o canal da assembleia. resulta sempre. com o meu resultou. o pior é que depois desse fim de semana começou logo a falar em emigrar.

Ricardo disse...

Brutal.

Cat disse...

Se calhar é como diz a Soul, ou há alguma coisa aí que ela está a tentar afirmar ou então a vida não lhe está a correr bem. Que se fosse eu a ficar sem um concerto tão desejado servia-me bem de lição... até aos 80 anos!

E o pior é que as miúdas entram nessa fase parva aos 11 anos, e só apetece dar-lhes uns tabefes que não resolvem nada.
Não tens um vizinho com uma mercearia onde ela possa ser moça de recados durante o verão? Cansava-se a sempre via a vida de uma outra perspectiva ;D

Ricardo disse...

Mas faz sentido ela fazer algo que deveria ser positivo (voluntariado, "trabalhar"), como castigo?

Apetece dar uns tabefes, apetece.

Cat disse...

Ricardo, tens toda a razão. Ela não devia ver isso como castigo, mas ajudava-a a abrir a pestana. A ver que a vida não é só, sempre, os mimos da mãe e o carinho do pai.

Todas as miúdas adolescentes pedem tabefes. Eu sei, que já fui uma. :P
E olha que eu era muito calma, nunca tive um castigo! Mas a minha mãe fez-me sempre perceber que a vida tinha um lado menos agradável, e que castigos era coisa que sobrava na minha conta corrente, caso fosse preciso aplicar...

Lá está, fala com ela. E respira fundo quando a atitude estiver mesmo a pedir um tabefe ;)

Sophia disse...

por cada mau comportamento, ler um capitulo do livto do pedro chagas freitas.

Ricardo disse...

Isso é crueldade, os serviços sociais tiravam-me a criança.

Super Sónia disse...

http://cdn.pophangover.com/wp-content/uploads/2014/01/tumblr_mfudbtnuji1rvjt2vo1_500.gif

Ricardo disse...

Com ela não resulta, o Darth Vader é basicamente família.