23 de janeiro de 2013

Síndrome

É bom ter pessoas que nos conhecem pessoal e profisionalmente a ler-nos, é mau ter pessoas que nos conhecem pessoal e profissionalmente a ler-nos, isto não é uma dúvida, é uma constatação de um facto, é assim que as coisas são, sem ses nem mas, sem pontos a favor ou contra, é isto, é bom e é mau, hoje é um dia mau, eu que tinha tanto para falar, provavelmente falaria muito mas diria pouco, ainda assim apetecia-me falar, apetecia-me muito escrever, não vou poder fazer ambas por agora e sei que quando o puder fazer a necessidade de deitar tudo cá para fora já terá passado, a resignação é uma coisa fodida e que, aparentemente, se pega, portanto resignar-me-ei ao destino que nos preparam, contudo acredito que tudo terminará bem, e, digo isto da maneira mais honesta, prefiro mil vezes os constragimentos de saber que certas pessoas me lêem do que gritar improprérios de forma incógnita pela internet fora, aparentando ser ainda mais lunático do que na realidade gosto de pensar que sou.

3 comentários:

a mulher certa disse...

Como te compreendo.

Trabalhas no Campo Pequeno?

Ricardo disse...

Não, embora não desgoste da loja que vende livros no Campo Pequeno.

a mulher certa disse...

Eu também gosto. :)