18 de dezembro de 2012

A melhor analogia que a minha cabeça e corpo cansado conseguem produzir neste momento, depois quando terminar o natal falamos melhor

A coisa mais parecida a que eu consigo comparar o trabalhar na loja nesta altura do ano é o Walking Dead, passo o dia a tentar chegar do ponto A ao ponto B a correr e só vejo braços a tentarem agarrar-me, pessoas a coxear pelos corredores e saídos de esquinas enquanto soltam sons estranhos e balbuciam coisas como livro, ajuda, é coisa para meter muito medo, garanto-vos, e, já que aqui estamos, aproveito também para dizer que o facto de dizerem se calhar vou-lhe fazer uma pergunta um bocado parva não torna a pergunta em si menos parva, era só isto, obrigado.

2 comentários:

bee timestories disse...

hehe, ontem na fnac do allegro fiquei parada na fila a admirar os desgraçados que lá trabalham e que não param, e lembrei-me de como seria para ti esta altura do ano... hoje vim cá e confirmei que não deve ser nada bom!
feliz natal! :-)

Ricardo disse...

É engraçado, já foi bom, já foi melhor, é assustadora a quebra nas vendas...